segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Restaurando a Energia VITAL

.chakras
O corpo físico do homem se compõe de duas partes: o corpo físico visível e palpável e o corpo bioplasmático, formado por uma energia sutil e invisível. Esses corpos se interpenetram e interagem num vínculo de troca de energia.
Os corpos são alimentados de energia vital  -  também conhecida por força vital, Prana, ki, pneuma, mana, ruah  -  manifestados pelo ar, terra e água.
Para tal, possuímos centros de captação e irradiação energéticos: OS CHAKRAS.
Estes se não estão em equilíbrio não captam e desperdiçam a energia vital - Prana - necessária à nossa saúde  física, mental, emocional e espiritual.

Pessoas que se encontram fracas e sem energia tendem a absorver energia Prânica daquelas que a tem em equilíbrio, por isso nos sentimos cansados e exauridos sem razão aparente quando entramos em contato com elas, pois sem sentirem (ou sentindo) agem como verdadeiros “vampiros energéticos”.
 A consequência disto é de sentirmos os sintomas doentios que as pessoas portavam ao nos contatar. É necessário termos o conhecimento de técnicas de autoajuda e recorrermos a profissionais que trabalhem com o equilíbrio energético, como um terapeuta holístico.
Muitas vezes, também, pessoas irradiadoras de bom Prana, nos fazem sentir bem e são focos centrais de grupos de indivíduos que se beneficiam de sua força energética. Essas pessoas devem fazer visitas a doentes de todas as formas. Sendo de grande valia o aprendizado de como manipular esse manancial energético em prol das pessoas como de si próprias.
 Rama de tomate fresco, pepino, lechuga, cebollas verdes en un alimento con vitamina ensalada de plato saludable Foto de archivo
A preocupação com a ingestão de alimentos frescos e naturais corresponde ao conhecimento de que quanto mais o que ingerirmos estiver ligado à Natureza, mais energia vital estará circulando e servirá de fonte extra para nosso organismo.  Os alimentos industrializados – que levam um grande período entre sua extração e sua ingestão, que passam por processos químicos de conservação e/ou altas temperaturas - são nulos energeticamente e muitas vezes no valor alimentício, servindo somente para dar a sensação de fartura física.

Os animais quando morrem perdem rapidamente sua energia vital não trazendo muito valor em termos energéticos para quem se alimenta deles. Os vegetais reservam durante algum tempo a mais essa energia, transmitindo a quem o ingere um suporte prânico aumentando a circulação no seu corpo bioplasmático que recupera possíveis perdas causadoras de doenças.

O ser humano visto como um ser único e total - como é encarado holisticamente - tem suas funções físicas, mentais, emocionais, espirituais e energéticas interligadas, influenciando umas as outras. Como consequência, as doenças são, normalmente, resultado do desequilíbrio desses fatores. Equilibrando – se essas funções evitamos o processo doentio por fatores externos ou internos. Como exemplo temos a úlcera gástrica que na maioria dos casos é causada por fatores emocionais como: estresse, medo, pressão da sociedade sem uma válvula de escape, ingestão de “sapos”, distanciamento de uma vida mais natural, etc., que enfraquecem o Chakra do plexo solar – localizado na “boca do estômago” - o que propicia a invasão de bactérias que atacam as paredes do órgão causando feridas. Neste caso todos os corpos do doente estão comprometidos,  necessitando de um trabalho de conscientização para que se reverta o quadro. O tratamento com medicamentos - melhor se naturais  -, o afastamento da causa externa do estresse, a mudança de postura mental diante dos problemas, o desabafo, a alimentação mais fresca, natural e balanceada, o trabalho de equilíbrio energético que as terapias vibracionais fornecem e a manutenção da saúde adquirida é sinônimo de permanente cura.
Beach...Sun Mountain reikiyellow
Com o conhecimento do processo energético, o terapeuta localiza onde há o desequilíbrio e reequilibra o corpo energético e como consequência o físico, o mental e o emocional. É um trabalho feito com conhecimento que não encontra lugar para mistificação pela sua lógica e simplicidade. Os resultados podem ser comprovados instantaneamente ou aos poucos, dependendo do comprometimento físico e energético do paciente.

Fazendo uso de várias técnicas e terapias vibracionais, orientando para uma reeducação alimentar é possível, em poucas sessões restabelecer o  equilíbrio e a saúde da pessoa.

Fonte: A Antiga Ciência e Arte da CURA PRÂNICA - Choa Kok Sui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou deste texto?